VIVAbem

Page tools
Imprimir
Favorito   
Exibir no

Sade Bucal

Para ter uma boca saudvel, a mesma alimentao recomendade pelo endocrinologista, tambm recomendada pelos dentistas. Como exemplo,  a pirmide alimentar, que mostra as propores de consumo dos alimentos: os aucares esto no topo, ou seja devem ser consumidos com moderao. Frutas e verduras esto na base e devem ser consumidas em maior quantidade.
 
Mas, o mais importante sempre fazer a higiene da boca depois de cada uma dessas refeies.
 
 
Veja abaixo, o passo a passo da evoluo de uma crie
 
Restos de alimentos e bactrias se depositam nos dentes (placa bacteriana / biofilme).
2 O consumo de alimentos doces e a m higiene favorecem a fixao de germes na placa. Quando eles ingerem restos de comida, ocorre a produo de cidos.
3 Assim, o pH fica cido e os dentes reagem, perdendo minerais. No esmalte, aparecem manchas brancas: a crie incipiente.
4 A desmineralizao continua e chega dentina. Nesta faze, possvel sentir dor, uma vez que esta rea tem pequenos canais por onde passam extenses nervosas da polpa.
5 Quando a crie chega polpa, por onde passam os nervos, dor na certa. A doena primeiro causa inflamao, se no tratada, a polpa morre. a sada, ento, o tratamento de canal.
 
* Distrbios Alimentares
Muitas vezes o dentista o primeiro a didentificar males como a bulimia e anorexia, pois eles afetam a sade da boca.
 
 
Veja a seguir alguns hbitos bem comuns e os estragos que eles so capazes de provocar nos dentes:
 
Chupar limo em excesso
A fruta riqussima em vitamina C, o que muito bom para o organismo, mas em excesso, tende a aumentar as chances de eroso, pois um alimento extremamente cido. Essa propriedade capaz de alterar o ambiente bucal e desgastar o esmalte dos dentes.
 
Roer unhas
Essa mania pode desgastar a ponta dos dentes da frente, o que pode aumentar a sensibilidades dos mesmos. H tambm possibilidade de reduo do tamanho do dente, o que prejudica a esttica.
 
Morder ou apertar os lbios
Com frequncia, alm de machucar os lbios, pode provocar alteraes na mastigao, na deglutio e na fala. Sintomas mais frequentes desse hbito so lbios irritados, avermelhados e rachados.
 
Ficar com a caneta na boca
Aqui alm do desgaste dos dentes, como no caso de roer unhas, pode haver uma presso que empurra os dentes para a posio errada. O mais comum o movimento de alavanca, que provoca o que se chama de mordida aberta. Isso ocorre porque o osso um tecido moldvel, que reage s presses exercidas sobre ele e, assim pode ser remodelado.
 
Palitar os dentes
Se voc estiver em um restaurante onde no houver fio dental disposio no toalete, use palito, melhor do que nada. Mas, cuidado para no machucar a gengiva, e assim que puder, faa a higiene, pois ele no livra ningum da placa bacteriana.
 
Tatuar os lbios
Cuidado com a contaminao pelas agulhas utilizadas.
 
Piercing
Na boca pode ser encrenca. Quem tem no est livre de doenas, que podem variar de simples inflamaes a problemas bem graves, como o cncer. Um estudo coordenado pelo cirurgio Arthur Cerri, da Universidade de Santo Amaro, em So Paulo, aponta alteraes celulares em todos os 80 usurios de piercing na lngua analisados. O adorno pode provocar trincas e fraturas nos dentes, inflamaes na gengiva, mau hlito, feridas, infeces e perda de sensibilidade na lngua. Outra pesquisa, realizada na Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, avaliou outro piercing, o labial. Segundo o trabalho, ele pode causar a retrao das gengivas e levar perda de dentes, alm de provocar doenas periodontais.
 
 

Limpeza dos dentes
 
Escovar os dentes um costume ancestral. H milhares de anos, esse hbito j existia. Pequenos galhos eram pisoteados e amolecidos para serem usados como acessrio de limpeza, mas o que chamamos de escova de dente, porm, demorou um tempo para aparecer.
 
O que importa na escovao a frequncia, pois escovar os dentes com fora no melhora em nada a limpeza, somente castiga a gengiva, podendo inclusive causar uma retrao da mesma, alm de desgastar o esmalte dos dentes.
 
A escovao deve ser feita trs vezes ao dia, sendo a noite, antes de dormir, a mais importante de todas, isso porque durante a madrugada a produo de saliva cai e a temperatura da boca aumenta. Ou seja, est criado o ambiente ideal para as bactrias.
 
 
Escova de Dentes
 
Ao comprar uma escova fique atento aos detalhes:
- Prefira uma escova com a cabea pequena, capaz de alcanar at os ltimos dentes.
- As cerdas devem ser macias ou extramacias e arredondadas, com tufos concentrados para nao ferir a gengiva.
 
Lembre-se tambm de cuidar da sua escova, seno ela pode ser habitada por microorganismos nocivos. O ideal sempre lav-la com muita gua corrente e, ainda, borrifar antissptico nas cerdas, para depois mant-la em um local seco. Tambm recomendvel guardar a escova, em vez de deix-la solta na pia, onde ela pode ser invadida por coliformes fecais que saltam da privada na hora da descarga, como apontam estudos recentes. E ao lev-la com voc, na bolsa ou na pasta de trabalho, procure coloc-la dentreo de um estojo para evitar a contaminao.
 
Tipos de escovas:
 
Interdental - usada para limpar prteses fixas, reas grandes entre os dentes, ou higienizar lugares de acesso dificlimo.
 
Ortodntica - Para quem usa aparelho fixo, ela a mais recomendada - a depresso em forma de V nas cerdas serve para "encaixar" os dentes.
 
Eltrica - Elas simulam os movimentos manuais que seriam feitos com a escova convencional, como os laterais e rotatrios. H evidncias de que, quando comparados com as escovas tradicionais, algumas modelos eltricos so capazes de remover entre 6% e 17% mais placa e reduzir a gengivite em 17%. Mas como h escovas deste tipo que no so eficientes, no deixe de consultar seu dentista antes de usar uma.
 
Para a dentadura - Hoje existem no mercado escovas apropriadas, com cerdas duras, cabo longo e desenho adequado ao formato da prtese. Quem no tem um acessrio desses pode limpar a dentadura com uma escova comum, mas de cerdas duras.